• Kelly Possebon

Investidor Global - 6/7/20


As ações americanas pegaram carona com a China.


Os mercados acionários dos EUA terminaram o dia em alta, com o S&P 500 + 1,59%, o Dow + 1,78%, o Nasdaq + 2,21% e o Russell 2000 + 0,77%.


As ações dispararam na segunda-feira de manhã, ignorando os contínuos surtos de COVID-19 em muitos estados e, em vez disso, obtiveram força da China.

Os dados do PMI (Markit's Hong Kong PMI) em Hong Kong para junho aumentaram em relação a maio, o que implica que as perspectivas de crescimento da região estão melhorando.

O China Securities Journal, de propriedade estatal, publicou um editorial de primeira página destacando a importância de um "mercado em alta saudável" após a pandemia, levando a um salto maciço de 5,7% no Shanghai Composite Index.


Os mercados europeus subiram. As vendas no varejo da zona do euro se recuperaram acentuadamente em maio, superando as estimativas, indicando um retorno da atividade econômica. O Bundesbank da Alemanha continuará comprando títulos soberanos sob orientação do governo de Berlim, diminuindo as preocupações de que o país possa prejudicar o programa de compra de ativos do Banco Central Europeu.


Ainda nesta segunda-feira, o Instituto de Gerenciamento de Suprimentos dos EUA registrou o maior salto em seu índice do setor de serviços, de 45,4 em maio para 57,1 em junho, sinalizando que o setor de serviços passou da contração para a expansão. Isso ajudou o Dow a terminar com alta e o Nasdaq avançar, liderado pelas mega-caps, incluindo Amazon.com ( AMZN , + 5,8%), Apple ( AAPL, + 2,7%) e Tesla ( TSLA , + 13,5%). Agora que vale mais de US $ 250 bilhões em valor de mercado, a Tesla atingiu seu recorde histórico após um analista pessimista ter colocado sua meta de preço para US$ 295 - o que ainda fica 78% abaixo do preço de fechamento desta segunda-feira.


O Oráculo de Omaha também colocou um pouco de vitalidade no passo de Wall Street. No domingo, a Berkshire Hathaway ( BRK.B ) de Warren Buffett, anunciou um acordo de US$ 9,7 bilhões para comprar os ativos de dutos e armazenamento de gás natural da Dominion Energy ( D ) - o maior negócio que a holding de Buffett fez em anos. A disposição de Buffett de finalmente gastar algum dinheiro após 3 meses de vendas pesadas, provavelmente ajudou a promover ainda mais otimismo dos investidores.


Os principais setores de hoje foram os serviços discricionários, financeiros e de comunicação do consumidor. A Amazon (AMZN) impulsionou o setor discricionário, depois de subir acima de US$ 3.000 por ação e atingir um novo recorde histórico. A Netflix (NFLX) liderou o setor de comunicações.


Os setores com pior desempenho foram energia, serviços públicos e produtos básicos para o consumidor.


No S&P 500, 10 dos 11 setores terminaram em alta.


Os principais setores foram Consumidores Discricionários + 3,22%, Serviços de Comunicação + 2,15% e Finanças + 1,94%.


Os retardatários foram Utilitários -1,28%, Imóveis + 0,17% e Energia + 0,36%.


O Petróleo -0,17% foi misturado, pois a Arábia Saudita elevou os preços, mas não como o esperado.


Ouro + 0,29% .


O Bitcoin + 3,39% subiu depois que um relatório o chamou de "nova Apple”.


Amanhã, estamos à espera da produção industrial alemã.

Tenham uma ótima noite!

Mulher Capital - @kelly.possebon

0 comentário

CONTATO:

Pro Capital Gestão e Produções Ltda.

CNPJ: 29.209.241/0001-27

Whatsapp Business: 11 3368 8445

 © 2019 Mulher Capital Ⓡ

Todos os direitos reservados.