• Kelly Possebon

Investidor Global - 10/7/20

Farmacêuticas dão um booster para as ações


A Gilead Sciences (GILD, + 2,2%) mais uma vez ajudou a injetar um pouco de vida no mercado essa sexta-feira, com a ajuda do remdesivir - tratamento do coronavírus.


Os principais índices ensaiavam um dia de perdas no início do pregão, em meio a outro aumento recorde nos casos do COVID-19, bem como os comentários de ontem do secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, indicando que a Casa Branca quer limitar os benefícios dos desempregados na próxima rodada de estímulo ao coronavírus.


No entanto, a Gilead anunciou que uma análise de dados de ensaios clínicos divulgados anteriormente revelou uma "descoberta importante": os dados da Fase III para o tratamento mostraram uma melhora na recuperação clínica e uma redução de 62% no risco de mortalidade por coronavírus.


O otimismo cresceu em relação aos tratamentos e vacinas contra coronavírus. A empresa alemã de biotecnologia BioNTech também reportou que sua vacina contra o coronavírus, desenvolvida com a Pfizer, deve estar pronta para aprovação em dezembro, com mais de 1 bilhão de doses até o final de 2021.


A notícia foi música para os ouvidos de Wall Street; ações do setor financeiro, incluindo o JPMorgan Chase (JPM, + 5,5%) e Goldman Sachs (GS, + 4,5%) contribuíram para um salto de 1,4% no Dow para 26.075.


O mercado americano fechou em alta, com S&P 500 +1.04%, Dow +1.43%, Nasdaq +0.66%, e Russell 2000 +1.70%.


Os principais setores hoje foram finanças, energia e serviços públicos. A energia aumentou com o petróleo, depois que a IEA aumentou suas perspectivas de demanda pelo terceiro mês consecutivo. Gilead (GILD) e BioNTech (BNTX) subiram com anúncios positivos sobre seus medicamentos contra coronavírus. A Tesla (TSLA) conforme relatórios está perto de ingressar no índice S&P 500.


Os setores com pior desempenho foram imobiliários, assistência médica e tecnologia.

No S&P 500, nove dos 11 setores terminaram em alta.

Os setores líderes foram Financeiro + 3,46%, Energia + 3,24% e Serviços de Comunicação + 1,96%.


Os retardatários foram Saúde -0,23%, Tecnologia -0,03% e Imobiliário + 0,16%.


O petróleo aumentou 2,22% depois do anuncio da IEA.


O ouro -0,08% caiu quando os investidores mudaram para ativos de risco devido ao otimismo da vacina contra o coronavírus.


Bitcoin + 0,22% foi misturado com poucas notícias.

Na próxima semana, estaremos atentos a manufatura, produção industrial para junho, PIB chinês para o segundo trimestre, licenças de construção e início de habitação para junho e o início da temporada de ganhos com relatórios de bancos como JPMorgan (JPM) e Bank of América (BAC).

Tenham uma ótima noite!


0 comentário